COREME

O Instituto de Cardiologia do Estado de São Paulo, hoje Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, foi criado pela lei nº 2552, em 13 de janeiro de 1954, pelo Governador Lucas de Nogueira Garcez. Em 1959, por iniciativa de seu fundador, foi constituída a Residência Médica em Cardiologia, sendo a primeira desta modalidade, no país e contando na época com apenas seis residentes na área de Cardiologia Clínica.

Atualmente, temos credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), para o IDPC três programas de Residência na área Cardiovascular: Cardiologia Clínica, Cirurgia Cardiovascular e Cirurgia Vascular; Ecocardiografia, Hemodinâmica, Cardiologia Pediátrica, Cirurgia Endovascular, Ergometria e Eletrofisiologia, sendo o acesso obtido por meio de concurso público.

Esses Programas iniciam-se no primeiro dia útil de março de cada ano, com duração de 2 a 4 anos, na dependência da área de treinamento. Constam, por determinação da CNRM-MEC, pelo menos 60 horas semanais de atividades teóricas – práticas (incluindo plantões), com carga horária total de 2.880 horas/ano.  

  • Comissão de Residência Médica – COREME
  • Programas de Residência Médica
  • Áreas de Atuação (Ano Adicional), Credenciados pela CNRM/MEC
  • Edital
  • Regimento da Residência Médica
  • Regulamento da Comissão de Residência Médica (COREME)
  • Atualização de Cadastro de ex-residentes